Gestão de inventário “Just-in-Time”

Gestão de inventário "Just-in-Time" 1

Gestão de inventário “Just-in-Time”

Não ter stock suficiente resulta em ruturas de stock e estas acarretam custos de oportunidade: a oportunidade de vender ao melhor preço e a oportunidade de vender de todo. Por outro lado, ter excesso de stock acarreta custos, pois o inventário que possui em stock tem de ser armazenado, segurado, protegido contra redução, desvalorizado e tributado como um ativo. O excesso de stock também acarreta custos de oportunidade: o capital de exploração imobilizado em inventário por vender não está disponível para outras finalidades.

A gestão de inventário “Just-in-Time” (JIT) é uma estratégia utilizada para aumentar a eficiência da empresa, fazendo stock de produtos apenas conforme vão sendo necessários para venda. A redução da quantidade de inventário em armazém permite-lhe evitar desperdício de produtos devido a danos ou fim de validade, diminuindo ao mesmo tempo os custos incorridos ao armazenar e manter inventário que não é vendido.

 

Quer melhorar a gestão do seu inventário?

A melhoria da gestão de inventário exige um controlo crescente das suas operações de armazém e do stock físico nele existente, em seguida apresentamos quatro passos para melhorar a gestão do seu inventário:

  1. Avaliar

Em primeiro lugar e antes de fazer melhorias deve avaliar as suas práticas atuais, analise globalmente os seus processos atuais. Uma gestão de inventário eficaz é orientada pela sua finalidade por isso compreender o que faz cada área e porquê permite aperfeiçoar aspetos específicos dos processos que necessitam de ser melhorados. Consulte os diversos membros da equipa envolvida para identificar potenciais áreas problemáticas e assuma esse ponto de partida.

  1. Rever

Uma parte importante da gestão de inventário é saber quanto de cada artigo existe em stock e por esse motivo deve efetuar revisões de stock de rotina. Se apenas comparar o que comprou com o que vendeu não irá ter uma visão global e assertiva do senário real. Os artigos podem se extraviar, podem ser roubados ou danificados depois de entrarem no armazém e frequentemente, estas situações não são comunicadas até a pessoa certa detetar e reportar o sucedido.

  1. Sistematizar

Sistematizar o reabastecimento de stock garante que nunca ficará completamente sem stock. É essencial para o fluxo regular de produtos durante períodos agitados. Se não estiver a utilizar a estratégia “just-in-time”, deverá ter uma política para repor o inventário para os níveis definidos. Sempre que o stock de um artigo descer abaixo de um determinado número, efetue a encomenda. A sistematização do processo de reposição evita uma falha na disponibilidade dos produtos entre o período em que efetua a encomenda e o período em que recebe a mercadoria.

  1. Analisar

Por fim deve estudar e analisar o comportamento dos clientes de forma a controlar a frequência com que efetua a reposição de determinados artigos identificar tendências ou padrões. Dependendo do tipo de negócio, podem existir fatores sazonais ou outros que afetam a procura de determinados produtos. Descubra quais os períodos em que os seus clientes encomendam mais e quando encomendam menos, desta forma pode antecipar-se aos períodos mais e menos procura dos produtos.

 

Por que motivo necessita de software para gestão de inventário?

A necessidade de entregas mais rápidas, redução de custos de armazenagem, redução dos níveis de stock obriga as empresas a melhorar ou adotar sistemas de gestão logística mais avançados. O UPLogístics é uma solução móvel integrada com o Sage, que permite o registo de receções das encomendas a fornecedores, de expedições das encomendas de clientes, a transferência de armazém e a contagem de inventário. A aplicação tem um interface simples e intuitivo que proporciona uma adaptação rápida, é compatível com sistemas Android e Windows e funciona em modo online ou offline, fazendo posteriormente a descarga para a aplicação de faturação.

  • Garanta o rigor no armazenamento e distribuição de mercadorias
  • Cumpra os timings exatos de entrega de encomendas
  • Garanta o rigor, a rapidez e a assertividade dos seus processos logísticos
  • Otimize o espaço disponível em armazém
  • Reduza os seu custos de armazenagem
  • Rentabilize os seus recursos e o investimento efetuado
  • Aumente a velocidade de resposta aos pedidos dos clientes